Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Publicidade



Jardins - Jardins em garrafas

por Muito Mais, em 14.02.09

Os garrafões e garrafas de vidro transparentes, de gargalo estreito e de diferentes tamanhos, são recipientes muito bonitos para alojar uma grande variedade de plantas que se dão bem em ambientes húmidos. Quando a abertura é estreita, tornam-se necessárias ferramentas especiais e uma certa habilidade manual. Para não sujar a superfície interior do vidro, todo o material de drenagem e a mistura para vasos devem ser introduzidos na garrafa através de um funil ou de um tubo de cartão. São ainda necessárias ferramentas especiais, delgadas e de cabo comprido, que podem ser compradas ou construídas, prendendo com arame os utensílios adequados a varetas finas, resistentes e flexíveis. Para preparar uma garrafa para plantas, cubra o fundo com uma camada de 2,5cm de espessura de material de drenagem constituído por alguns pedaços de carvão e pequenos seixos. Por cima deite outra camada, esta de 5 a 10cm de espessura de mistura própria, neste caso contendo bastante areia para facilitar a drenagem e não estimular o crescimento das plantas. Duas partes de terra, duas partes de areia grossa e uma parte de terriço ou turfa formarão uma combinação apropriada para a maioria das plantas. Por razões óbvias, escolha plantas pequenas, de crescimento lento, e em seguida planeie a sua disposição antes de as colocar na garrafa.

O melhor processo consiste em começar por plantar junto ao vidro, avançando em seguida para o centro. Antes de introduzir as plantas na garrafa, retire das raízes toda a terra que puder e apare-as, se necessário. Uma vez plantados todos os espécimes, pode deixar cair seixos ou pedacinhos de vidro ou madeira sobre a superfície da mistura, a fim de obter um melhor efeito decorativo. Regue as plantas por aspersão com um pulverizador (atenção à rega - a terra deve ficar húmida e não encharcada). Rolhe a garrafa e coloque-a num local onde receba luz (mas não demasiado intensa). Exceptuando a necessidade de ocasionalmente ventilar e podar, o arranjo não exige quaisquer outros cuidados durante muitos meses.

 

Como cortar garrafas

Como muitas pessoas me têm perguntado se existe algum método "caseiro" de como cortar garrafas ou mesmo garrafões, aqui vai uma sugestão, que eu já experimentei e que resultou :

Materiais : uma garrafa ou garrafão, óleo queimado, um pedaço de ferro.

O óleo queimado, podem arranjá-lo numa estação de serviço, onde se muda o óleo dos automóveis. O ferro, em qualquer prédio em construção. Serve um pedaço de ferro de mais ou menos 50cm e que é usado no cimento armado.

Encher a garrafa com o óleo até à altura em que se pretende cortar. Entretanto, coloquem o ferro sobre a chama do fogão a gás para aquecê-lo ao rubro. Quando estiver em brasa, introduzir o ferro no óleo. A garrafa partir-se-à de imediato. Se não resultar à primeira tentativa, repitam a operação.

Não esquecer de limpar bem o interior da garrafa com um bom dissolvente, para não ficarem vestígios do óleo. E devem limar as arestas com uma lixa grossa ou uma lima fina, para evitar possíveis cortes.

E boa sorte!!!

Autoria e outros dados (tags, etc)





Arquivo

  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2011
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2010
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2009
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D





Mais sobre mim

foto do autor