Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Publicidade



Trepadeiras

por Muito Mais, em 21.04.09

Quando pensamos em construir uma pérgula ou em uma solução para cobrir uma parede, logo vem a mente o uso de uma bela trepadeira.

Temos vários tipos de suportes que podemos usar para conduzir as trepadeiras: treliças, alambrados, canos de ferro ou plásticos, até mesmo cabos de aço.

São inúmeras as espécies que podemos usar, sempre com belas flores e algumas com perfume. As mais fáceis de serem cultivadas são as de caule maleáveis e as que se enrolam sozinhas, tais como o jasmim (Jasminum azoricum), a tumbérgia (Thunbergia grandiflora), o sapatinho de judia (Thunbergia mysoriensis), a sete léguas (Podranea ricasoliana), o amor agarradinho (Antigonon leptopus), a flor de jade (Strongylodon macrobotrys), a lágrima de cristo (Clerodendron thomsonae), entre outras.

As de caules lenhosos (arbustos escandentes) como a primavera (Bougainvillea spectabilis), a rosa trepadeira (Rosa x wichuraiana) e a alamanda (Allamanda cathartica) precisam de mais manutenção para subir nos tutores.

A escolha da espécie antes da construção da pérgula é fundamental, pois as trepadeiras com flores pendentes como a flor de jade, sapatinho de judia e glicínia (Wistaria floribunda), precisarão de um pergulado mais alto.

Aconselha-se uma boa adubação e poda de contenção (retirada de galhos que estejam atrapalhando a passagem) e a poda constante para retirada de folhas e galhos secos. Com isso, em cerca de um ano você terá uma linda cobertura verde.

É possível usar também espécies que dão frutos, como a videira (e o maracujá.
Escolha pela cor ou beleza das flores, as que atraem beija-flores, as que exalam perfume, porém não deixe de acrescentar em sua pérgula, muro ou parede uma bela trepadeira.

 

Retirado do Site:http://blogdepaisagismo.lopes.com.br/

 


 

Glicínia


Rosa Trepadeira


Lágrima de Cristo

Autoria e outros dados (tags, etc)


Siro Hortícola - 25 Lts

por Muito Mais, em 25.02.09

Siro Hortícola - 25 Lts

Um novo conceito de plantação

Siro® Hortícola é um BIO Substrato especialmente concebido para plantar todo o tipo de hortícolas. A sua fórmula equilibrada é obtida à base de matérias primas seleccionadas, sustentáveis e 100% naturais. Contém uma fertilização orgânica natural, sob forma de húmus de minhoca rico em nutrientes essenciais, que estimula um equilibrio entre a planta e o substrato.

 

A alimentação é um factor de saúde - Siro® Hortícola promove o desenvolvimento de alimentos saudáveis em termos nutricionais e terapêuticos.

 

Saiba mais sobre adubação e Substratos em Siro.pt

Autoria e outros dados (tags, etc)


Cuide da natureza da sua casa

por Muito Mais, em 08.02.09

Para algumas pessoas é essencial ter plantas em casa, quer seja no interior ou no jardim, para dar vida ao ambiente. No entanto nem sempre é fácil mantê-las bonitas e viçosas.

Ao adquirir uma planta em vaso, preste atenção ao seu tamanho. As plantas de maior porte precisam de ser trocadas após dois anos para um vaso maior.

Mesmo que não haja necessidade de mudança de vaso, caso o deseje, a dica é a seguinte: arranje terra vegetal ou terra adubada, misture-a com a do vaso original e coloque-a no vaso novo. Só a orquídea é que precisa de pedra no vaso, antes de colocar a terra, para drenar e não acumular água na raíz.

Atenção com as plantas de ambiente externo devido à incidência directa do sol. No início a planta pode murchar e algumas folhas caírem, mas é normal. Deverá regar-se três vezes por dia, até que a planta se adapte, depois é só regar duas vezes por semana.

E por falar em água, a irrigação é um ponto importante. A maioria das plantas de interior devem ser humedecidas de três em três dias - sem encharcar. A orquídea está entre as excepções e deve receber água de sete em sete dias. A adubação deverá ser feita de três em três meses usando qualquer adubo. No caso de certas flores existem adubos específicos.

Quanto a pragas, as lojas de plantas sabem indicar qual o insecticida específico para exterminá-las. Na medida do possível, o melhor é usar remédios caseiros para não danificar a planta.

A recomendação da poda é que esta seja feita depois de Agosto e até Outubro. Uma poda que requer mais cuidados é a do bonsai. Esta planta tem que ser adubada com farinha de osso, o adubo mais completo, e podada de 15 em 15 dias. Define-se o formato que se pretende e corta-se bem próximo da folha. Atenção, não se pode cortar no meio do talo. Outra particularidade: o bonsai deve ser exposto a um bom período de luminosidade, mesmo que o dia esteja nublado ou com chuva. Regue todos os dias, mas sem exageros.

 

Retirado do Site: http://www.lojadasflores.pt/

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

Originária das matas tropicais do Brasil, esta herbácea tuberosa foi cultivada primeiramente na Europa, onde recebeu o nome de Sinningia em homenagem a W. Sinning, horticultor alemão e passou por diversos cruzamentos.

A gloxínia é uma planta bulbosa, com folhas carnosas e aveludadas.

As flores, eretas, simples ou dobradas em forma de campânula, variam de cores que vão do branco ao roxo, do vermelho ao rosa.


Cuidados básicos

Luz - Iluminação indireta, junto a uma janela onde possa receber luz e calor pela manhã e à tarde. Os raios solares não devem incidir sobre a planta. Água - A gloxínia gosta muito de água, mas não suporta solo encharcado, por isso o vaso deve ser de barro, pois permite a transpiração. Regue com freqüência, 2 a 3 vezes por semana no verão e 1 a 2 vezes no inverno.
Solo - O solo deve ser preparado com: Uma parte de terra comum de jardim, uma parte de areia, duas partes de composto orgânico (folhas secas, gravetos, palha...) e uma parte de farinha de ossos.

Dicas
• Não molhe as folhas e hastes para evitar o apodrecimento.
• Remova folhas e flores mortas.
• Adube mensalmente durante o período de crescimento.
• Logo após a florada, deixe a planta em repouso por 2, 3 ou 4 meses.
• Diminua as regras de adubação. Após esse período, replante novamente a muda.

Autoria e outros dados (tags, etc)



Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2011
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2010
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2009
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D





Mais sobre mim

foto do autor